Farmacia Completa em Saude

Home » Nutrição » MAS AFINAL O QUE É BOM PARA HOJE?

MAS AFINAL O QUE É BOM PARA HOJE?

Informações

(13) 2104-5856 - whatsapp (13) 9 9789-5297
De Segunda à Sexta-Feira das 9h às 17h
Advertisements

MAS AFINAL O QUE É BOM PARA HOJE?

A nutrição muitas vezes é vista como uma ciência de informações desencontradas. Um dia um profissional diz que certo alimento faz bem e em outro momento esse mesmo alimento toma ares de vilão – e vice versa.
A alimentação é, sem dúvida, um tema que desperta muita atenção e por isso é amplamente estudada e abordada. O que muitas pessoas não conseguem compreender é que nutrição é algo que vai muito alem de comer e “queimar” calorias. O ser humano não é triturador de alimentos, nem tão pouco possui uma fogueira no abdome. Somos seres complexos, individuais. Necessitamos de muitos nutrientes para que todo nosso metabolismo funcione plenamente.
Seria muito fácil contar calorias ou outro número qualquer, consumir somente um tipo de nutriente ou mesmo fazer qualquer loucura restritiva, como a cada momento aparece, prometendo ser um novo e revolucionário método de boa forma. É muito além de ser um triturador… O ser humano possui dentes, que simplesmente são s ossos mais fortes do corpo, e que não é por acaso. Possui também enzimas, que facilitam muitas reações químicas. Existem os hormônios, capazes de acionar ou paralisar funções, dependendo da necessidade de cada momento vivido. E para tudo isso funcionar perfeitamente não basta fazer contas. É preciso ar, água e nutrientes. E nutrientes são encontrados em “alimentos de verdade”, aqueles que são ricos em vitaminas, minerais, oligoelementos e que forneçam aminoácidos, bons carboidratos e boas gorduras. Provavelmente não serão aqueles “zero caloria” da prateleira.
E para aproveitar todos os nutrientes ingeridos é ainda necessário ter um corpo que os absorva e os metabolize. Rotina alimentar, fatores emocionais e também a genética individual são influências diretas. Sabe aquela frase “ninguém é perfeito”? Pois é, realmente não somos. Todos temos uma falhazinha ou uma fragilidade genética, que leva a metabolizar uma ou outra coisa com maior dificuldade. E aí surgem as “doenças da família”, aquelas que se acredita que será destino certo, não há como escapar. Mas será então que todos estão fadados ao mesmo mal familiar? A boa notícia é que esse destino pode sim ser mudado. Basta conhecer a sua individualidade e não mais cometer os mesmos erros dos antepassados. Análise clínica, exames bem interpretados, tratamento individual, tudo isso pode levar a um caminho onde a fragilidade genética seja respeitada e que uma melhor saúde e qualidade de vida sejam garantidas. Não basta se conformar, é preciso se conhecer, é necessário cuidar mais de si! E é assim que a nutrição de verdade deixa de ser a ciência da contradição para ser a ciência da prevenção e qualidade de vida. Por um mundo melhor!

Andreia
Andrea Mancebo Asorey CRN3 16687

nutrição / acupuntura / auriculoterapia

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

Whey Protein Chá Mais
%d bloggers like this: